Litecoin Mineradora:

Litecoin Miner - Mine and Earn free Litecoin

segunda-feira, 2 de março de 2015

Sincretismo Religioso no Seio das Igrejas Evangélicas Brasileiras.


Texto Áureo: “Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo” (Colossenses 2:8).
INTRODUÇÃO:
Em nosso país podemos observar que o misticismo é algo que está impregnado fortemente na cultura do nosso povo, esse fato tem sido a causa de vivenciamos um cristianismo que muitas das vezes forje dos princípios bíblicos e da ortodoxia do ensino apostólico. Podemos perceber que muitos costumes e ritos, oriundos do paganismo, foram assimilados pelas igrejas evangélicas, costumes esses que causam muito embaraço e conflitos na vida de muitos cristãos. Neste estudo perceberemos o quanto Deus abomina o adultério espiritual que envolve o sincretismo religioso e o quando a igreja desde o princípio luta contra essas heresias.
I. Deus separa o povo e não permite que assimilem as práticas dos outros povos (Dt. 18:9-14).
O sincretismo sempre foi uma poderosa arma do diabo pra separar Deus de seu povo, esse foi um dos motivos que fizeram com que o povo desobedecesse à lei e permitissem que outras nações subjugassem a Israel (2Reis 17:15-23). A assimilação de rituais e práticas oriundas de outras nações era considerada como uma prostituição espiritual (Jr 3; Ez16; Os 2).
II. A Maneira como nosso país foi colonizados explica muito sobre o sincretismo.
Os vários povos que constituíram o Brasil desde a sua descoberta tinham já o seu sistema de crenças que foram sofrendo misturas ao longo do tempo, tínhamos aqui os indígenas com suas práticas Xamanistas e os africanos com o animismo em sua maioria, também nesse contingente tivemos a presença de muçulmanos que fizeram até uma revolta chamada a revolta dos Malês na Bahia. Mas o catolicismo romano era a maioria esmagadora, pois Portugal era muito submisso a Roma, com ele vieram várias ordens religiosas como, por exemplo, os Jesuítas e sua companhia de Jesus que era o braço forte da contrarreforma, movimento criado pelo catolicismo para dar uma resposta a reforma protestante. Essas ordens religiosas tinha a finalidade de catequizar os povos.
III. O Combate do sincretismo pelos apóstolos.
Nos tempos apostólicos podemos perceber que as coisas também não eram fáceis, Os cristãos dos três primeiros séculos lutaram não só contra as perseguições do mundo pagão, mas também contra as heresias e doutrinas corrompidas, dentro do próprio rebanho. Uma das heresias que tentaram adentrar no seio da igreja foi o gnosticismo, uma espécie de teosofia que não aceitava a Encarnação e a Expiação de Cristo uma vez que considerava a raiz do problema do homem a ignorância e não o pecado. Nas Escrituras podemos identificar o gnosticismo baseado na filosofia helenística e nos sábios judeus, em quem se originaram os "cultos de mistérios" dos místicos. Os gnósticos não priorizavam apenas o "conhecimento", mas a mortificação da carne, o que os dificultava crer que Deus veio em carne por meio de Jesus Cristo. O gnosticismo com o qual o Novo Testamento lidava era uma forma primitiva dessa heresia, não o sistema desenvolvido e já complexo dos séculos II e III. Para Paulo o gnosticismo era "engodo de humildade" (Cl 2.18). Em confronto com o cristianismo dos apóstolos, os mestres gnósticos são falsos irmãos e causam divisões na igreja (Jd 19), pois se desviaram da graça de Deus (Jd 4).Além da forma encontrada em Colossenses e nas cartas de João, alguma familiaridade com o gnosticismo primitivo se vê refletida em 1 e 2Timóteo, em Tito, em 2Pedro e talvez em 1Coríntios (1Co 15:12; Col. 2:8-23; 1 Tm 1:4; 1Tm 4:7; Tt 3:9; 1Jo 1.1; 1João 4:2-3). Outra heresia enfrentada pela Igreja veio dos judeus convertidos, problema já enfrentado por Paulo na igreja da Galácia. Os ebionitas, eram farisaicos em sua natureza. Não reconheciam o apostolado de Paulo e exigiam que os cristãos gentios se submetessem ao rito da circuncisão. No desejo de manterem o monoteísmo do Antigo Testamento, os ebionitas negavam a divindade de Cristo e seu nascimento virginal, afirmando que Ele só se distinguia dos outros homens por sua estrita observância da lei, tendo sido escolhido como Messias por causa de sua piedade legal (Gal. 5:1-15).
IV. As Misturas Ritualísticas Observadas na Igreja Evangélica nos Dias de Hoje:
Nos dias de hoje podemos observar em algumas igrejas práticas oriundas das religiões pagãs e do judaísmo, como, por exemplo, podemos observar a distribuição de sal ungido, e outros apetrechos fluidificados como: rosas, sabonetes e lenços, acreditando que ali se encontrará respostas para os desejos ocultos de um coração impregnado de misticismo, também podemos observar danças e giras oriundas das religiões africanas dentro do seio da igreja. Mas o que também vem crescendo muito é o uso de objetos como menorah e até réplicas da arca da aliança, como também o uso de vestes oriundas da religião judaica, tudo isso já foi combatido pelos apóstolos e hoje podemos ver o ressurgimento desses costumes que encontram nos corações desinformados um terreno fértil para essas práticas.

V. Conclusão:
Ainda há um povo nesse país que tem zelo pela palavra que guarda os princípios do cristianismo e lutam pela doutrina dos apóstolos, esses males que afligem a igreja hodierna é uma tentativa do nosso arqui-inimigo de parar o avanço da igreja do Senhor Jesus, mas o Senhor da igreja prometeu que as postas do inferno jamais prevaleceriam contra a sua igreja (Mt 16:18). Aleluia.
VI. Glossário:
Animismo: Os Animistas acreditam que existem espíritos que vivem por toda parte, dão vida e protegem todas as coisas.
Helenística: Relativo a Helênico: designa-se por período helenístico (do grego, hellenizein – "falar grego", "viver como os gregos") o período da história da Grécia de parte do Oriente Médio compreendido entre a morte de Alexandre o Grande em 323 a.C. e a anexação da península grega e ilhas por Roma em 146 a.C.
Ortodoxia: é aquilo que segue à risca o que diz uma palavra ou regra. Orto - correto ou direito. Doxo – Ensino.
Sincretismo: Assimilação de crenças e prática de uma religião por parte da outra.
Xamanismo: é um conjunto de crenças ancestrais que engloba práticas de magia e evocações para estabelecer contato com o mundo espiritual. O xamanismo é uma percepção religiosa que confere ao xamã, a capacidade de entrar em transe e se conectar com o mundo espiritual.

VII. Referenciais Teóricos:

Bíblia de estudo de Genebra; Dicionário Houaiss; www.solascriptura.org; www.santovivo.net; http://mestresteologiaedebates.blogspot.com.br/; http://novomanifestoreformado.blogspot.com.br/; http://www.infopedia.pt/.
Autor: Irmão Jáder de Souza
E-mail: lerapalavraviva@gmail.com
Fone: (83) 8825-2244

Nenhum comentário:

Postar um comentário